Dicas para seu jardim!

– Quando for regar, deixe a água em temperatura ambiente – plantas não suportam água muito fria ou quente demais. Para evitar excessos e garantir distribuição uniforme da água, use regador ou borrifador. Com mangueiras, é mais difícil controlar o volume de água. Se estiver regando um vaso grande, verifique a velocidade com que a água escorre para a terra. Quando notar esta velocidade diminuir, pare de regar. Não espere a água escorrer pelo furo da drenagem – se isso estiver acontecendo, provavelmente você já regou mais do que o necessário. Colocar água no prato de suporte do vaso é uma boa medida para propiciar a formação de uma atmosfera úmida ao redor da planta, mas não é o suficiente para umedecer toda a terra do vaso, pois a maior parte da água é evaporada e só um pouco é absorvida pelas paredes do vaso. Preste atenção principalmente nos dias mais quentes, quando há, ao mesmo tempo, maior evaporação e mais necessidade de água pela planta.

– Toda criança já viu como alguns grãos de feijão colocados num algodão úmido germinam, dando origem a uma nova plantinha. Esse é, basicamente, o método usado para semear plantas num jardim, substituindo o copo por uma sementeira e o algodão por terra.

– As sementes que germinam mais rapidamente são as de gipsófila, zínia, tagete, cravina, celósia e cinerária. Depois da germinação, você deve fazer o desbaste das plantas, retirando as mudas fracas ou mesmo eliminando algumas para permitir um bom espaçamento entre elas. O passo seguinte é transferir as mudas para o local definitivo e esperar seu crescimento, mantendo sempre o solo bem adubado, aguado e livre de ervas daninhas ou pragas.

Hora de podar: A poda é uma operação um pouco mais delicada, mas você não precisa se preocupar com isso: a maioria das espécies não precisa, a rigor, ser podada para sobreviver ou florescer. Com a exceção de algumas espécies, onde a poda é uma exigência do cultivo, você só precisará realizá-la para eliminar ramos doentes e malformados ou para dar uma conformação estética à planta.

– O segredo da poda está na identificação das gemas. Elas são pontos salientes nas folhas ou ramos e determinam a direção e sentido de crescimento da planta. Se você deseja que um ramo cresça mais, pode-o bem próximo à gema. Para eliminar definitivamente um ramo, corte-o junto com a gema. O corte deve ser chanfrado (inclinado) para evitar o acúmulo de água no local. Use ferramentas adequadas – canivete, faca, tesoura de poda ou serrote – sempre bem afiados.

Cultivo em vasos: Ao utilizar vasos, escolha recipientes compatíveis com o tamanho da planta quando adulta (se não for transplantá-la) e ao tipo de crescimento das raízes (mais superficiais ou profundas). Os vasos de textura porosa são os mais indicados, por manterem a temperatura ambiente e a umidade natural. Ele deve ter um furo no fundo, para escoar a água das regas. Prepare o vaso colocando cacos de telhas, cerâmica, pedra britada ou argila expandida no fundo. Isso garante uma boa drenagem, deixando apenas a água escorrer e evitando a passagem de terra pelo furo. Complete com terra preparada com muita matéria orgânica. Para facilitar as regas não encha de terra até o limite da borda do vaso. Deixe live uma altura de cerca de 2 cm da borda do vaso para a água não transbordar.

secateur-BP-50-Premium

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s